Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Modelos de comércio no mercado eletrônico.

Uma pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) revela que desde Março, lojas virtuais chegaram a registrar um aumento de mais de 180% em transações nas categorias de alimentos, bebidas, beleza e saúde.

E-commerce

E-commerce nada mais é que um site que permite vendas pela internet. Nesse sistema de vendas, as empresas conseguem vender e realizar as transações financeiras através de lojas virtuais.

Os nichos mais vendidos no e-commerce são perfumaria, cosméticos, saúde, em segundo modas e acessórios, seguidos por eletrodomésticos e equipamentos de esporte e lazer.

M-commerce

Com o aumento do uso de celulares, é natural que boa parte das compras virtuais sejam feitas por intermédio desses aparelhos.

Portanto, o M-commerce é o comércio relacionada as compras realizadas via celular.

Muitos aplicativos foram criados para os próprios smartphones, através disso, começaram a se destacar outros aplicativos como toques de músicas, app, jogos etc.

Visando isso as lojas virtuais viram que o número de usuários que finalizavam suas compras via smartphones cresceu, e começaram a adaptar suas lojas virtuais para esse formato.

S-Commerce

É um comércio eletrônico que agrega consumidores e realiza vendas, usando as atribuições das redes sociais como: compartilhamento de páginas de produtos, dos comentários sobre produtos, das curtidas, das avaliações de produtos entre outros.

O facebook, inclusive, possibilita a criação de uma loja virtual dentro da própria rede.

Outras redes sociais também são exemplos de S-commerce, Twitter, Pinterest, sites de compras coletivos, site de comparação de produtos etc, enfim tudo que envolve interação entre consumidores.

T-Commerce

Esse tipo de comércio envolve o uso da tecnologia por trás da televisão digital para enviar publicidade aos espectadores.

As grandes marcas Lg, Sony estão viabilizando o t-commerce, aumentando a capacidade dos varejistas de introduzir vitrines em seus aplicativos.

Fonte: noticiasconcursos.com.br

Deixe um comentário